Ingressos Como apoiar

DANÇA

ANNA LUIZA MARQUES: PUERPÉRIO

ANNA LUIZA MARQUES: PUERPÉRIO

04, 05, 11 e 12.05.23, quinta e sexta às 20h

"Período que decorre desde o parto até que os órgãos genitais e o estado geral da mulher voltem às condições anteriores à gestação."

Dicionário Houaiss


Geralmente atribuem 5 a 6 semanas de puerpério para pessoas gestadoras. Porém, considerar que o estado geral da gestadora volte às condições anteriores em tão pouco tempo, parece completamente irreal. Entre dois a três anos parece mais realista.

E será que "voltar" cabe nessa situação? 

Esse trabalho é sobre a experiência dentro desse período. Um solo de uma mulher que dança e fala sobre o puerpério no momento em que ela o experimenta. 


“Estou exausta, feliz, triste, com vontade de voltar a ser eu mesma, e de nunca voltar, de fugir, de ser a melhor mãe do mundo, trabalhar, ser forte, dormir, ser frágil, dormir, pedir ajuda, enfrentar o mundo. Sou paradoxos e quebras de paradigmas, sou tabu, importante, simples, carente, provedora, sou tudo, estou acabada, sugada, estou feliz, juro que estou. Prazeres, dificuldades, êxtases, depressões, remédios, leite, muito leite, privação, segundo filho, lindos, exaustivos, maravilhosos, dependentes, independentes somos, sou.”


Anna Luiza Marques é artista, bailarina, professora, coreógrafa e figurinista. Co-fundadora da Antônima Cia de Dança, direção de Adriana Nunes, onde atua como bailarina intérprete e figurinista. Integra também a Mais+Companhia, direção de Diogo Granato, desde a sua fundação, com a qual participa como intérprete criadora. Como artista independente, estrelou no solo Anna, documentário-dança dirigida por Diogo Granato; dançou no premiado vídeo Buracos Negros: Experiência cine-dança em três movimentos, de Nana Maiolini; no Dança no MIS/Especial David Bowie, de Morena Nascimento; dirigiu o vídeo de dança e parkour Bruit, selecionado para o Teima Festival de Artes Online; criou o videodança Alone, com o músico Natan Marques e o videodança Outono na Janela, com o músico André Marques; coreografou para videoclipes; fez parte do coletivo Cerrado Infinito, do artista plástico Daniel Caballero, onde criou sua primeira pesquisa solo Dançando com plantas, para os festivais Descolonization, chegando na performance solo Antes do fim; fez duo com Diogo Granato no projeto Pajelança, de Cassia Navas para o Sesc; dançou na abertura do Design Weekend SP, curadoria de Felipe Morozini; já trabalhou com a SPIO Orquestra, Gume, Silenciosas+Gt'Aime...e por aí vai, sempre em movimento, pesquisando com diferentes artistas, de diferentes linguagens, para alimentar a própria.


Anna Luiza Marques: intérprete criadora 

Direção, trilha sonora e iluminação: Diogo Granato

MÚSICA

BNEGRON CONVIDA: FREELION 22.07.24, segunda às 20h

BNEGRON CONVIDA: FREELION

MÚSICA

ONIRA: SONHAR A TEMPESTADE 23.07.24, terça às 20h

ONIRA: SONHAR A TEMPESTADE

CINEMA

A FLOR DO BURITI 24.07.24, quarta às 18h e 20h15

A FLOR DO BURITI

DANÇA

LETÍCIA SCALISE: VOCÊ AINDA QUER LUTAR COMIGO? 25 e 26.07.24, quinta e sexta às 20h

LETÍCIA SCALISE: VOCÊ AINDA QUER LUTAR COMIGO?

MÚSICA

BNEGRON CONVIDA: DABLIUEME 29.07.24, segunda às 20h

BNEGRON CONVIDA: DABLIUEME

MÚSICA

MÚSICA DE MONTAGEM: O GRITO DO ESCURO 30.07.24, terça às 20h

MÚSICA DE MONTAGEM: O GRITO DO ESCURO

CINEMA

AS LINHAS DA MINHA MÃO 31.07.24, quarta às 18h e 20h

AS LINHAS DA MINHA MÃO

CINEMA

O ESTRANHO 07.08.24, quarta às 18h e 20h

O ESTRANHO

DANÇA

CLARISSA BRAGA: MÃEPARIDA 08, 09, 15 e 16.08.24, quintas e sextas às 20h

CLARISSA BRAGA: MÃEPARIDA