Comprar Ingressos

TEATRO

senhora dos a­fo­gados

10.03 a 10.05.08

O espetáculo conta a história da família Drummond, em cujo sangue corre desejo e repressão. O pai é acusado de assassinato, a mãe sofre com falta de amor, a filha quer ser a única mulher da família. Um cortejo fúnebre abre o espetáculo. Mulheres do cais rezam e mantêm viva a memória de uma prostituta assassinada há 19 anos, mesmo dia em que se casaram Misael e Dona Eduarda Drummond. No cortejo segue também essa “família de 300 anos” em luto pela morte de Clarinha, filha do casal, levada por “um mar que não devolve os corpos e onde os mortos não bóiam”. O espetáculo foi indicado ao Prêmio Contigo de Teatro como melhor musical nacional e incluído entre os 10 melhores pela Revista Veja São Paulo.


O texto de Nelson Rodrigues se inclui em suas chamadas “peças míticas” (o inconsciente primitivo, os arquétipos, os mitos ancestrais). Nelson a incluía no rol de suas peças desagradáveis: “pestilentas, fétidas, capazes por si sós de produzir o tifo e a malária na platéia”. Com direção musical de Fernanda Maia, o canto se torna elemento integrante da tragédia. São 10 canções inseridas no tecido dramatúrgico com a função de acentuar o seu caráter lírico. Com protagonistas de ações exacerbadas, a história é contada sob o prisma das paixões humanas. Nesse sentido, a direção sublinha o paralelismo entre os universos de Nelson Rodrigues e Edvard Munch, pintor norueguês expressionista de obras fortemente simbólicas. Munch calculava suas composições buscando uma atmosfera que refletisse mais o estado de espírito e as condições psicológicas do que uma realidade exterior. De comum em suas biografias, a religiosidade familiar como elemento vital; em suas obras, a angústia e a tensão sexual. Com tais semelhanças, Munch é referência, não apenas em desenho de luz, figurinos e visagismo, mas impregna o corpo e o imaginário dos atores.


Texto: Nelson Rodrigues

Direção: Zé Henrique de Paula

Direção Musical: Fernanda Maia

Cenografia e figurinos : Zé Henrique de Paula

Iluminação: Fran Barros

Músicos: Fernanda Maia (piano) e Luciana Rosa (violoncelo)

Elenco: João Bourbonnais, Einat Falbel, Marcella Piccin, Thiago Carreira, Marcelo Góes, Lourdes Giglioti, Alexandre Meirelles, Elber Marques, Diana Tropper, Fábio Redkowicz, Paulo Bueno, Thiago Ledier, Bárbara Bonnie, Bibi Piragibe, Carol Fioratti, Ci Teixeira, Claudia Miranda, Karin Ogazon, Kelly Klein, Maíra Gomes e Patrícia Vieira.

Ingressos: R$ 20,00

Duração: 110 min.

Ind. idade: 14 anos

Gênero: Tragédia musical.