Ingressos Como apoiar

MÚSICA

RISCO QUARTETO: COR DA CORDA

RISCO QUARTETO: COR DA CORDA

23.05.23, terça às 20h

O Risco quarteto nasceu de uma vontade de explorar a linguagem das cordas friccionadas. O encontro das musicistas, com suas experiências e influências variadas, se potencializa numa proposta original para a formação de quarteto de cordas. Além de valorizar a criação e improvisação, o projeto abraça também diversas tradições resultando em uma sonoridade camerística que convida o ouvinte a uma viagem sonora pelo Brasil, um recorte dos séculos XX e XXI.


Este espetáculo, no Centro da Terra, é o resultado de um longo processo de elaboração, reflexões e questionamentos que resultaram num desejo comum de explorar não só a interpretação de um repertório abrangente que foge do padrão tradicional clássico do quarteto de cordas, mas também valorizar a composição e arranjo para esta formação. O uso de rabecas, instrumentos tradicionais, cujo o timbre se mistura à sonoridade dos violinos, viola e violoncelo, também foi incluído. Experimentar e pesquisar em conjunto recursos e sonoridades com muita liberdade foram direções que levaram à elaboração do repertório. 


O repertório inclui composições de Erica Navarro, uma composição para rabecas, violino e violoncelo da violinista Mathilde Fillat e composições desde Zequinha de Abreu a obras de autorias contemporâneas de Léa Freire, Luizinho Duarte, Luiz Gonzaga, Zé Gramani e Ba Moraes. E também, canções inéditas que o compositor Marcelo Segreto fez especialmente para esta formação: quarteto de cordas, voz e violão. 


Para o espetáculo, o quarteto estabeleceu parcerias com artistas visuais, como Jamille Queiroz que criou máscaras de crochê para o figurino, Daisy Serena que fotografou o projeto e Camille Laurent que acompanhou o projeto desde o início para conceber a luz do espetáculo. 


O resultado musical é autêntico e subtil, levando o ouvinte em uma viagem sonora além das fronteiras de gênero musical


Risco quarteto de cordas é o encontro de musicistas que se juntaram num propósito de explorar as diferentes possibilidades dentro das linguagens das cordas friccionadas tanto com a formação tradicional de quarteto de cordas tanto com a diversidade das rabecas, e da música brasileira, valorizando a criatividade, com composições e arranjos das integrantes e outras parcerias como de Marcelo Segreto, Nina Blauth, e composições de Luizinho Duarte, Luiz Gonzaga, Zequinha de Abreu, Gramani, Ba Moraes…


Durante sua recente trajetória, o Risco Quarteto gravou um álbum de canções de Marcelo Segreto, com a formação quarteto de cordas, voz e violão, ainda a ser lançado. E também participou do Instrumental Sesc Brasil como convidado do show de Érica Navarro.


Mathilde Fillat - violino/rabeca

Mica Marcondes - violino/rabeca

Érica Navarro - violoncelo/rabeca/violão

Carla Raiza - viola/rabeca

Marcelo Segreto - voz/violão

Priscila Brigante - Bateria 

Camille Laurent - Luz

MÚSICA

BNEGRON CONVIDA: DISSTANTES 15.07.24, segunda às 20h

BNEGRON CONVIDA: DISSTANTES

MÚSICA

GRISA + JOÃO VIEGAS: DES CHIMÈRES 16.07.24, terça às 20h

GRISA + JOÃO VIEGAS: DES CHIMÈRES

CINEMA

A MÚSICA NATUREZA DE LÉA FREIRE 17.07.24, quarta às 20h

A MÚSICA NATUREZA DE LÉA FREIRE

MÚSICA

BNEGRON CONVIDA: FREELION 22.07.24, segunda às 20h

BNEGRON CONVIDA: FREELION

MÚSICA

ONIRA: SONHAR A TEMPESTADE 23.07.24, terça às 20h

ONIRA: SONHAR A TEMPESTADE

CINEMA

A FLOR DO BURITI 24.07.24, quarta às 18h e 20h15

A FLOR DO BURITI

DANÇA

LETÍCIA SCALISE: VOCÊ AINDA QUER LUTAR COMIGO? 25 e 26.07.24, quinta e sexta às 20h

LETÍCIA SCALISE: VOCÊ AINDA QUER LUTAR COMIGO?

MÚSICA

BNEGRON CONVIDA: DABLIUEME 29.07.24, segunda às 20h

BNEGRON CONVIDA: DABLIUEME

MÚSICA

MÚSICA DE MONTAGEM: O GRITO DO ESCURO 30.07.24, terça às 20h

MÚSICA DE MONTAGEM: O GRITO DO ESCURO

CINEMA

AS LINHAS DA MINHA MÃO 31.07.24, quarta às 18h e 20h

AS LINHAS DA MINHA MÃO

CINEMA

O ESTRANHO 07.08.24, quarta às 18h e 20h

O ESTRANHO